O que é Automação Residencial?

A automação residencial é cada vez mais comum em milhares de lares, tornando a vida das pessoas mais simples e fácil. No entanto, muita gente não sabe o que é automação residencial nem tampouco onde ela pode ser utilizada.
O que é Automação Residencial?

Fonte: Freshome.

Automação residencial diz respeito ao uso de tecnologias e suas aplicações em sistemas de controle, integrando os acionamentos. O objetivo: tornar mais prática, fácil e confortável a vida dentro de casa. Ou seja: com um único comando, é possível fechar cortinas, apagar a luz e ligar o ar condicionado. A integração no controle de cada um desses itens é o que chamamos de automação residencial.

Atualmente, muitos projetos de arquitetura já contemplam a automação residencial, prevendo o que precisa ser motorizado e integrado para tornar a rotina de seus moradores mais fácil.

No entanto, é possível criar sistemas de automação mesmo quando a casa já está completa, pois eles dependem basicamente de como está a fiação da residência e como será feita a integração sem fio com os diferentes controles.

Um dos maiores atrativos da automação é o grande conforto que ela pode proporcionar, principalmente para quem não gosta muito de controles remotos. Imagine que, ao acionar o DVD, a televisão já mude automaticamente para o canal de vídeo e a luz diminua, criando uma atmosfera próxima a de cinema.

O que é Automação Residencial?

Projeto da arquiteta Leila Dionizios, com automação residencial da Vigolucci.

Outro ponto importante na automatização são os sistemas de segurança integrados: além das famosas câmeras de segurança, que podem ter suas imagens transmitidas remotamente para smartphones, é possível contar com travas automáticas para a casa inteira (inclusive para as janelas), ativações automáticas de alarmes, instalação de sensores de reconhecimento para entrada e saída, dentre muitas outras opções. De acordo com a necessidade e rotina de cada usuário, é possível instalar diferentes tipos de sensores que melhoram a segurança da casa e mantém seus moradores sempre informados sobre o que acontece em seus lares, mesmo quando não estão presentes.

A automação residencial também é uma importante ferramenta na economia de eletricidade, pois facilita o controle de luzes e eletrônicos, ativando somente o que será realmente utilizado naquele momento, sem necessariamente empregar tudo na potência máxima. Isso faz com que os eletrônicos e as luzes da casa sejam usados de forma mais inteligente e econômica, ajudando a poupar sempre.

Um bom exemplo disso é o RadioRA 2, que consiste em um sistema de controle de casa wireless. Ele ajuda a poupar energia pois possui a capacidade de ajustar a quantidade de luz elétrica necessária para iluminar o cômodo levando em consideração a iluminação natural e a temperatura do ambiente. Além disso, esse sistema também desliga a energia de espera para pequenos aparelhos (o famoso modo stand by) quando não estão em uso.
Automação Residencial na IluminaçãoRadioRA 2 Sistema de Controle Wireless e Maestro Sensor de Presença. Fonte: Vigolucci.

Outro aparelho para automação residencial muito interessante para quem busca poupar energia e melhorar a segurança da casa são os sensores de presença Maestro, capazes de acender e apagar as luzes de um ambiente a partir de um refinado sistema de detecção de movimentos. Dessa forma, para que costuma deixar as luzes acidentalmente acesas, esse acessório é o ideal.

Por isso, se você está querendo melhorar a rotina da sua família, facilitando o controle de eletrodomésticos, eletrônicos e luzes, pode recorrer a um sistema de automação residencial. Com certeza todos iram gostar do conforto e praticidade que essa integração proporciona.

No Comments

Post A Comment